16 de nov de 2014

A vida é urgente ...



☆... Amar é urgente. Cultivar o amor é plantar o futuro.
Perdoar é urgente. Perdoar a si mesmo é necessidade indispensável.
Ir visitar alguém que não se vê há muito tempo é urgente. 
Não deixar as que estão por perto escaparem também.
Ligar só para ouvir o riso de alguém é urgente. Ligar para ouvir e conter o choro também.
Ser voluntário é urgente. Ajudar a si mesmo é declarar amor ao mundo.
Abraçar é urgente. Ser guardado num abraço também.
Chorar é urgente; fazer com que as dores virem só lágrimas e saiam desintoxicando a alma.
Viver é urgente. Morrer diariamente para nossas misérias também.
Cuidar das pessoas que não conhecemos é urgente. Cuidar de quem já nos pertence é pra ontem! 
Sabe por quê? O poeta disse: nós deixados de cuidar do que já temos nas mãos.
Engolir o orgulho é urgente. Reconhecer nossas fraquezas não nos fazem mais fracos.
Falar é urgente. Vomitar o silêncio é dar liberdade à alma. E, sim, isso é urgente.
Ter esperança é urgente. Muitas vezes é realmente dificílimo ter esperança ou fé. 
Porém, a falta dela não muda nada. A presença de fé e a esperança sim.
Eu acordo todos os dias pensando que este dia, realmente, pode ser melhor do que o anterior.
Cada dia é único. É preciso aproveitar cada milésimo dele.

No mais, já se foram seis meses e, por mais difícil que as coisas pareçam ter sido, há algo que te emocionou e fez cada instante valer à pena. Um verso, um sorriso, uma carta, um choro, uma música, um poema.

Eu tenho sempre em mim algo que guardo como uma oração: quando algo der errado, analisar o que ei ganhei e não o que deixei de ganhar. Temos o péssimo hábito de super valorizar a perda e focalizar na dor. Não, não faça isso contigo e nem com mundo.

Por fim, não perca a chance de fazer de cada dia o seu último: viver em urgência. ...☆




☆☆... Carol Souza ...☆☆








.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário e volte sempre!